Loading...

sábado, 23 de outubro de 2010

De Florença à Veneza

Em Florença fiquei em um apartamento indicado pelo Instituto Italiano, situado na Via San Gallo, no centro histórico da cidade, dividindo-o com outras duas alunas. Excelente localização e tudo o que podiamos precisar: cozinha completa, maquina de lavar roupa, etc. O horário do curso era de 9:00 às 13:00 e à tarde, geralmente às 17:00, alguma atividade opcional como: filme, palestras, passeios à lugares históricos...os alunos eram separados em salas de acordo com o nível alcançado no teste, aplicado no primeiro dia. Tinha gente de todo o mundo! Nos horários livres geralmente eu saia para conhecer o máximo possível da cidade e ir à Internet matar a saudade de todos aqui de Fortaleza, sempre reservando algum tempo para os estudos em casa. No primeiro fim de semana fui às cidades de Siena e San Giminiano em uma excursão oferecida pelo curso, mas depois percebí que seria mais barato e mais proveitoso viajar por conta propria e aí escolhi algumas cidades para conhecer: Veneza, Assis, Lucca. Através de uma agência de viagem fui à 5 Terre em uma excursão de um dia. Este é um passeio imperdível!!! De Florença partem trens para toda a Itália e é só você chegar na estação e escolher seu destino. Lógico que é bem melhor escolher e estudar antecipadamente seu destino. Ver horário dos trens, distancia e os principais atrativos. Escolhi Assis, Fiesole e Lucca por serem cidades próximas, pequenas e com muito para se ver. Veneza não preciso justificar!!!!! (veja cada cidade nas páginas ao lado)

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Conhecendo Roma a pé


Após uma boa noite de sono, acordei pronta para conhecer Roma. Mapa da cidade, máquina fotográfica, máquina de filmar, Guia da Itália e um pequeno dicionário... a bolsa estava pesada mas a disposição era enorme. Vantagem de viajar sozinha: você faz seu roteiro e segue seu ritmo! Conhecer o idioma do país, pelo menos o básico, é indispensável! Graças a uma excelente localização do hotel - Via Emanuele Filiberto - pude fazer vários roteiros para conhecer o máximo de lugares em 5 dias, de terça a sábado. Talvez se tivesse optado por me deslocar de metrô ou ônibus teria conhecido mais lugares e teria sido menos cansativo, mas nada se compara a andar por Roma, podendo escolher qualquer caminho para seguir. Você tem a liberdade de parar quando algo chama sua atenção, conhecer as pequenas ruas, praças, sentar para admirar algo, ver vitrines, tirar muitas fotos, enfim, vivenciar tudo de uma maneira intensa.

Preparativos e chegada




Viajei para Itália com o propósito de aprender italiano e conhecer o país. A idéia surgiu quando meu filho Pedro adquiriu a cidadania italiana. Comecei a estudar italiano no ICIF (Instituto de Cultura Italiana de Fortaleza) e comecei a juntar informações sobre cursos na Itália e a ler sobre o país. Resolvi que iria após o término do curso de italiano (3 anos) e escolhi o mês de agosto por ser verão no hemisfério norte (sem o incômodo de chuvas, frio e roupas pesadas!). Escolhi fazer um curso classico de um mês no Instituto Italiano de Florença. Òtima escolha! Comprei uma passagem Fortaleza-Milão (TAM), de Milão à Roma (Easyjet) e um bilhete de trem Roma-Florença. Reservei um Hotel em Roma para uma semana e um quarto em um apartamento dividido com outras alunas, em Florença, durante um mês. Esta certamente seria a viagem de meus sonhos! Cheguei em Roma no dia 26/07/2010, às 22:50h, cansada e na maior expectativa.